Conheça a Drenagem Linfática

Conheça a Drenagem Linfática e Comece Agora o Projeto Verão

A drenagem linfática é, na atualidade, uns dos procedimentos estéticos mais procurados por mulheres que desejam combater a retenção de líquidos.

O problema da retenção de líquidos é algo que diminui a autoestima das mulheres, devido ao inchaço corporal que o mesmo causa.

Diante desse mal, a drenagem linfática chega como uma grande aliada no universo da beleza feminina, pois permite a eliminação de líquidos e toxinas corporais por meio da estimulação do sistema linfático.

Mas o que é a drenagem linfática?

A drenagem linfática é uma massagem terapêutica – usualmente feita de maneira manual – que estimula o bom funcionamento do sistema linfático – responsável pela correta distribuição de líquidos na corrente sanguínea.

Ela é feita de maneira suave e com ritmo constante, através de leves pressões em áreas específicas do corpo, com o objetivo de levar esses líquidos para as estruturas linfáticas, onde serão eliminados pela urina ou suor.

Quais são suas indicações?

Conheça a Drenagem Linfática e Comece Agora o Projeto VerãoA drenagem linfática ajuda a combater os seguintes problemas:

  • Retenção de líquidos;
  • Gordura localizada;
  • Acúmulo de toxinas;
  • Má circulação sanguínea;
  • Inflamações como, celulite e pequenos vasinhos;
  • Inchaço nos pernas;
  • Inchaço gestacional;
  • Estresse;
  • Tratamento auxiliar de cicatriz hipertrófica ou queloideana;
  • Edemas no período pré-menstrual e gestacional;
  • Tratamento pré- e pós-operatório de cirurgias plásticas;

Vale lembrar que os benefícios da drenagem linfática são potencializados com mudanças nos hábitos alimentares e prática de exercício físicos regulares.

O procedimento deve ser realizado por profissionais capacitados, como fisioterapeutas ou esteticistas.

Contraindicações

Por atuar nos locais de distribuição de líquidos – regiões sensíveis e de ligação com diversos sistemas do corpo humano, a drenagem linfática não deve ser realizada, caso a pessoa sofra de:

  • Insuficiência cardíaca e hipertensão arterial;
  • Infecções agudas e sistêmicas;
  • Hipertireoidismo;
  • Problemas respiratórios, como asma e bronquites asmáticas;
  • Insuficiência renal;
  • Câncer, porque pode contribuir para disseminar tumores no sistema linfático;
  • Lesões de pele não tratadas;
  • Reações alérgicas agudas;
  • Deficiências no sistema imunológico;
agendar avaliação